18 de novembro de 2018

12

Você não precisa de mais diplomas

Por mais corrida que esteja a vida, muitos de nós estão sempre atentos à capacitação profissional.

As vezes você pode até não ter tempo ou dinheiro pra fazer aquela sonhada pós graduação, mas lê sobre o assunto na internet, assiste vídeos, vai a palestras, se esforça pra se manter atualizado.

Nos esforçamos pra que nossa capacidade técnica esteja em dia, pois acreditamos de verdade que é dela que virá nosso crescimento profissional, crescimento financeiro, as oportunidades de migrar para uma empresa melhor, etc.

Mas isso pode ser uma grande armadilha! Capacidade técnica por si só não vai garantir a sua excelência profissional

E eu te falo isso baseada no relatório The future of Jobs (O futuro dos trabalhos), realizado pelo Fórum Econômico Mundial.

Ele foi criado a partir de entrevistas com mais de 13 milhões de profissionais. Nele foram listadas as 10 habilidades que todo profissional precisará ter até 2020, e adivinha?

A maioria delas é comportamental e não técnica!!! Dá só uma olhada:

    1. Resolução de problemas complexos
    2. Pensamento crítico
    3. Criatividade
    4. Liderança e gestão de pessoas
    5. Trabalho em equipe
    6. Inteligência emocional
    7. Julgamento e tomada de decisões
    8. Orientação a serviços
    9. Negociação
    10. Flexibilidade cognitiva

O mais bacana dessa lista é que, se você desenvolver bem apenas UMA dessas habilidades, provavelmente terá um salto em praticamente todas, sabe qual é?

Se você respondeu INTELIGÊNCIA EMOCIONAL (IE), acertou!

Sim, a inteligência emocional está diretamente relacionada a melhora da negociação, gestão de pessoas, trabalho em equipe, orientação a serviços…

E a notícia boa é que é possível sim desenvolve-la de forma prática, com ferramentas simples, porém de grande impacto pra quem as utiliza.

A IE é formada por 5 grandes esferas:

  1. auto-percepção,
  2. auto-controle,
  3. auto motivação,
  4. empatia e
  5. práticas sociais.

Tudo começa com a auto-percepção e a auto-motivação

Inicialmente deve-se desenvolver a AUTO-PERCEPÇÃO, que segundo Daniel Goleman, o maior pesquisador do tema na atualidade, é a esfera que mais vai gerar impacto no dia a dia do indivíduo.

Só a partir da auto-percepção é que a AUTO-MOTIVAÇÃO (criar estados emocionais positivos)  e o AUTO-CONTROLE (controlar estados emocionais negativos), serão possíveis,A EMPATIA e as PRÁTICAS SOCIAIS são esferas relacionais, ou seja, intrapessoais é a partir delas que melhoramos nossa relação com o outro, mas assim como auto controle e auto motivação, só serão possíveis se a auto percepção estivar “em dia”.

O próximo passo é desenvolver sua Inteligência Emocional

Então se você realmente quer garantir uma remuneração melhor, aquela promoção tão sonhada ou mesmo se você quer empreender, não perca tempo!

Nossos músculos emocionais, assim como os músculos do corpo físico, precisam ser trabalhados com frequência e intensidade.Quanto antes começar, melhor será!

Quer aprender mais sobre Inteligência Emocional? Veja nosso próximo curso aqui.

Por Cinthia Cruz

Cinthia Cruz

Professora

Professora