31 de outubro de 2018

23

Afinal, o que é um legal growth hacker?

Sean Ellis, um dos responsáveis pelo departamento de marketing do Dropbox, cunhou o termo growth hacker. Trata-se de um profissional que mistura conhecimentos em marketing, análise de dados e algumas outras técnicas como análises para entender e prever comportamentos de consumidores. Com base nessas características, levamos o conceito para o campo jurídico.

O growth hacker

O growth hacker é um profissional com características multidisciplinares e envolve as áreas de vendas, marketing, produto ou qualquer outra área que possa influenciar no crescimento da empresa. O objetivo final deste profissional é criar gatilhos para disparar o crescimento exponencial da empresa para a qual atua, de forma a poupar recursos por se tratar de gatilhos que tem um custo/benefício atrativo.

A metodologia

No entanto, para fazer isso acontecer, o growth hacker deve seguir uma metodologia específica. A metodologia consiste, em termos resumidos, no teste sequencial de diversas hipóteses que o growth hacker pode desenvolver para verificar se funcionam para o crescimento da empresa para a qual atua. Caso as hipóteses não sejam confirmadas, deve partir para um próximo teste e verificar os resultados por meio da análise de dados.

O legal growth hacker

Pensando exatamente em todos os aspectos dessa função, surge uma pergunta: como isso poderia ser aplicado para a área jurídica? Ao explorar diversas funções que o advogado realiza e que podem impactar o resultado do crescimento de uma empresa, desenvolvemos diversos “hacks” jurídicos que podem engatilhar um crescimento maior de uma empresa a partir de uma solução jurídica nas diferentes áreas do Direito. Assim surge o legal growth hacker. Tendo acesso a algumas ferramentas de análise de dados, algumas ideias sobre gatilhos possíveis (“hacks”) e a metodologia necessária, advogados(as) agora podem focar no desenvolvimento de soluções para o crescimento de seus clientes e assim entregar um valor agregado maior no seu trabalho.

O Hacker

No entanto, tudo isso vem de algo muito anterior, o termo “hacker”. Ser um hacker significa alterar o sentido programado ou esperado de algum sistema para chegar a determinado objetivo. Todo sistema acaba apresentando algum tipo de falha ou ineficiência. Assim, o hacker tem curiosidade em entender as falhas desses sistemas estabelecidos para verificar potenciais problemas deles. Uma vez descoberta a falha em um sistema o hacker continua investigando para encontrar soluções para aquela falha.

Como me tornar um legal growth hacker?

Dessa maneira, o legal growth hacker identificará os problemas ou ineficiências do seu cliente e será capaz de corrigir essas ineficiências por meio de soluções jurídicas que combinam técnicas de gestão, marketing, vendas, produto e análise de dados.

legal growth hacker será capaz de criar essa solução após mapear as ineficiências e fazer os testes das hipóteses que ele criou, assim como manda a metodologia de growth hacking.

SE VOCÊ QUISER SE TORNAR UM LEGAL GROWTH HACKER, basta se inscrever para a nova turma de LEGAL GROWTH HACKING da EDEVO .

 

por Erik Nybø

Erik Nybo

Head of Inspiration

Co-fundador da Edevo - Escola de Negócios, Inovação e Comportamento, Head de Inovação no Molina Advogados e advogado graduado pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP).